Política de Proteção aos Estudantes da EAR (PPE)

A Política de Proteção da Escola Americana de Recife está baseada na Convenção das Nações Unidas dos Direitos da Criança, lei brasileira, e a Força-Tarefa Internacional de Proteção Infantil (FTIPI) .

Abuso, negligência e bullying / cyberbullying são graves preocupações nas escolas e, sendo obstáculos a sua educação e desenvolvimento, não serão tolerados. As escolas têm um papel institucional particular na sociedade de proteger seus estudantes e assegurar que seja concedido a cada estudante um ambiente seguro e protegido onde possa aprender e se desenvolver.

Os educadores e funcionários da escola, tendo a oportunidade de observar e interagir com estudantes ao longo de períodos extensos de tempo, estão em uma posição única para identificar e apoiar alunos “em risco” e circunstâncias de risco.

Sendo assim, as escolas e os educadores têm tanto uma obrigação profissional quanto ética de identificar e apoiar estudantes que estejam em risco de abuso, negligência e bullying e/ou que tenham necessidade de apoio e/ou proteção.

Todos os funcionários da EAR (corpo docente, administrativo e equipe de apoio), contratados para Atividades do After-School (ASA) e prestadores de serviço são obrigados a ler, reconhecer e aderir ao SPP da escola e assinar anualmente o documento do Código de Conduta da escola. A Política de Proteção ao estudante está incluída nele. A Política de Proteção ao estudante está incluída nele.

A EAR se compromete a proteger cada um de seus estudantes em todos os aspectos da vida escolar Assim sendo, a EAR distribui essa política anualmente para todos os interessados através dos Manuais do Corpo Docente e da Divisão, reuniões/sessões de informação do Corpo Docente e da Divisão, Manuais aos Pais do Estudante, e o site público da escola EAR.

Assim sendo, todos os funcionários da escola devem assinar o seguinte termo: Código de Conduta da EAR.